Forum de cinema fantástico.


Лісова пісня. Мавка (Balada da floresta: Ninfa*) (1981) - Yuri Ilyenko

Compartilhe
avatar
Zé da Adega
Ultimate Zombie
Ultimate Zombie

Número de Mensagens : 568
Pontos : 1964
Data de inscrição : 26/12/2014

Лісова пісня. Мавка (Balada da floresta: Ninfa*) (1981) - Yuri Ilyenko

Mensagem por Zé da Adega em Sab Jul 18 2015, 20:24

Observação: Texto com dois anos, que estive a rever agora e a adaptar para o formato do Xploited. O meu texto poderá interessar pelo ponto de vista português, em que falo das ninfas da ilha dos amores dos Lusíadas de Camões, ou pelos clips que criei, com cinematografia ucraniana muito bonita e única em todo o mundo. Tentarei de seguida escrever um novo comentário acerca do cinema ucraniano em mensagem posterior.

Лісова пісня. Мавка (Balada da floresta: Ninfa*)



Título original (ucraniano): Лісова пісня. Мавка
Título internacional russo: Лесная песня. Мавка
*Tradução informal portuguesa: Balada da floresta: Ninfa
Tradução informal inglesa: A Story of the Forest: Mavka
País(es) de origem: URSS: Ucrânia
Data de lançamento: 1981 (URSS)
Realizador: Yuri Ilyenko
Género(s): Fantasia / Drama
Duração: 83 min

IMDB


Sinopse

Adaptação cinematográfica da peça de teatro dramática Лісова пісня (Balada da floresta), escrita em 1911 pela escritora ucraniana Larysa Petrivna Kosach-Kvitka.

A história gira em torno de uma ninfa da floresta, e baseia-se em lendas e folklores da região dos Cárpatos.


Excerto com música adicionada por mim, e cinematografia tipicamente ucraniana (diferente do cinema de leste ou soviético), com rotação de câmera de 360º em redor dos actores:




Opinião

A ninfa da mitologia eslávica num filme artístico-intelectual

Não posso analisar, criticar ou atribuir uma classificação a este filme. Não percebi a história e o enredo.

É um filme intelectual e artístico, mas... é um filme lindo de visualizar.

Para mim as palavras-chave do filme são tédio, aborrecimento e confusão, e se me perguntarem se gostei ou não do filme, não sei bem o que responder... mas sei que gostei de ter visto o filme. Ou seja, apanhei uma grande seca enquanto o via, e fiquei sem perceber patavina, mas apreciei bastante o visual, a magia e a atmosfera do filme.

Não considero que isto seja um filme intelectual estilo Manoel de Oliveira ou Tarkovsky, onde não se passa nada, porque esta Ninfa da floresta não tem nada a ver com essa onda. Aqui existe um enredo (bastante estranho, mas existe) e bom ritmo de narrativa e acção. Mas a verdade é que eu não percebi o enredo e lógica do filme, e não se trata de barreira cultural, pois até andei a ler a tradução dos artigos sobre estas lendas, no wikipedia ucraniano e russo.


Ilustração do wikipedia espanhol, no artigo sobre a Ninfa ucraniana

Fonte: https://es.wikipedia.org/wiki/Mavka

Tradução automática para inglês do artigo wikipedia ucraniano acerca desta ninfa:

"Nymph


(...)Mavky ( Navka , Nyavka ) is a type of mermaids , unlike that had long flaxen hair. Mavky name derives from "Navier" (Navka), which means "the embodiment of death." They have no body, no vidzerkalyuyutsya in water, no shade and the back, so everyone can see the insides. However, the word "Nymph" in harmony with the Gothic mawi - «Girl." Given the significant impact ready for life and culture of the Eastern Slavs during their stay within the Gothic kingdom (mid-third century. - To 375 CE. BCE), the Gothic version of the origin of the word may be likely.

The traditional view is that Mavky live in the woods . In Galicia place of settlement mavok find Carpathians . Mavky symbolize the souls of children who were born dead or died unbaptized. They often appear in the form of beautiful young girls dancing and singing lured young men into the woods where zaloskochuyut them to death and chopping their heads. To save a baby shower, you had to throw up Yule Trinity kerchief, to name and speak, "baptize you," and fell rescued soul to heaven. If the soul survived to seven years and did not get to heaven, the baby turned into a mermaid or a Nymph people and inflicted damage."



Portanto, para um português, o conceito de ninfa será o da Ilha dos Amores, capítulo dos Lusíadas, escrito por Luís Vaz Camões. Capítulo este que foi censurado no ensino público no meu tempo, por conter erotismo (lembro-me da minha professora de português explicar isso).



Mas destas ninfas das florestas dos Montes Cárpatos, os marinheiros portugueses não iriam gostar, pois elas eram almas de bebés nado-mortos, que por morrerem à nascença, não foram batizados, e cuja premissa era atrair caminhantes para lhes cortarem a cabeça. Esta é afinal a região das lendas da Transilvânia do vukòdlak (vampiro e lobisomem 2 em 1).

Mas pelo que percebi do filme, a Ninfa apaixona-se pelo camponês Marcus, que toca bem a flauta e não lhe pretende fazer mal. Aliás, o filme baseia-se numa peça de teatro de 1911, e não directamente nestas lendas. Julgo que o filme pretende abordar alguma questão filosófica-moral, que eu não atingi. Como não percebi o filme, não o posso analisar, por isso expliquei antes o conceito histórico de ninfa ucraniana, apenas para enquadramento, pois até nem tem muito a ver com a história do filme...

Criei também um clip normal, de uma cena sem diálogos (para não ter de legendar), que achei interessante, já que o outro clip era apenas para mostrar a rotação 360º do cameraman:



O objectivo deste post não será aconselhar ou desaconselhar o filme,  mas apenas dar a conhecer (para cultura geral) um filme diferente, original, interessante e obscuro, em que tropecei.

Espero que tenham gostado de ler e de ver os videos...
avatar
Zé da Adega
Ultimate Zombie
Ultimate Zombie

Número de Mensagens : 568
Pontos : 1964
Data de inscrição : 26/12/2014

Re: Лісова пісня. Мавка (Balada da floresta: Ninfa*) (1981) - Yuri Ilyenko

Mensagem por Zé da Adega em Sab Jul 18 2015, 21:05

Este foi o único filme ucraniano que vi até hoje (vi no You Tube). Desde então já espreitei outros filmes ucranianos no You Tube, ou seja andei a saltar com o cursor de deslocação na janela do You Tube, e também são assim filmes poéticos, acerca de lendas históricas, com poucos diálogos. Também constatei que o cinema ucraniano é famoso por ser caracterizado com esta abordagem insólita/poética.

Eu posso especular e imaginar que a causa disto terá sido o manda-chuva "big boss" (um ministro ou director-geral do estúdio principal da Ucrânia) impôr e forçar a sua visão nos trabalhos dos outros cineastas, mas na verdade nunca li nenhuma explicação para este fenómeno estranho, que torna o cinema ucraniano diferente dos outros países do bloco de Varsóvia.

Em relação ao Luís Vaz de Camões, até hoje estou para entender porque motivo o gajo entrou em devaneios de magia e sobrenatural, com as ninfas da ilha dos amores, se foi contratado pelo Rei de Portugal para escrever um épico sobre os Descobrimentos.

À falta de filme português sobre os Descobrimentos ou de marinheiros portugueses a fazerem orgias com ninfas mágicas na ilha dos amores, temos este "Mavka" ucraniano, que ao menos é um filme com bastante seriedade e qualidade. laughing

Existem filmes que acompanham bem uma pizza, mas este não é um deles... Eu diria que este estilo de filme é melhor acompanhado com uma garrafa de bom vinho, num serão sossegado.

    Data/hora atual: Seg Nov 20 2017, 04:14