Forum de cinema fantástico.


The Girl on the Broomstick / Dívka na koštěti (1972) - Václav Vorlíček

Compartilhe
avatar
Zé da Adega
Ultimate Zombie
Ultimate Zombie

Número de Mensagens : 568
Pontos : 1989
Data de inscrição : 26/12/2014

The Girl on the Broomstick / Dívka na koštěti (1972) - Václav Vorlíček

Mensagem por Zé da Adega em Dom Jul 12 2015, 22:19

Observações (2015): Este é daqueles filmes que ficam à consideração da equipa do Xploited Fórum, se devem ou não mover para o meu cantinho do off-topic.

É mais um dos meus antigos textos de 2013 (ano em que escrevia muito acerca de cinema). Tirei agora mesmo este novo screenshot, para verem a estranheza do visual de uma adolescente dos anos 70 do lado de lá da cortina de ferro, isto é bizarro e ao mesmo tempo fascinante:



Realmente nunca vi nenhuma mulher com essa pinta da imagem acima no cinema norte-americano ou portuga. Como eu gosto de coisas estranhas quis partilhar essa imagem. Surprised  geek

Mais à frente irão ver um clip do filme com um Fiat 500, que acho que a malta gostará de ver...

Bem, mas isto não deve ser confundido com a típica macacada norte-americana infantil, de filmes de comédia com bruxas. Este filme não foi feito pela Disney ou outro estúdio ocidental, mas sim por um país inimigo da NATO (na altura), com outros métodos de cinema. Quando vi o filme pela 1ª vez em 2013, fiquei de tal forma impressionado, que escrevi o comentário que se segue...

The Girl on the Broomstick / Dívka na koštěti




Título original (checo): Dívka na koštěti
Título inglês: The Girl on the Broomstick
País(es) de origem: Checoslováquia
Data de lançamento: 8 de Setembro de 1972 (Checoslováquia)
Realizador: Václav Vorlíček
Género(s): Comédia, Fantasia
Duração: 80 min

IMDB / Wikipedia (checo)

Trailer:







Sinopse:

"Dívka na koštěti é um filme de fantasia e comédia que conta a história de uma bruxa adolescente, Saxana (interpretada por Petra Černocká), castigada por 300 anos, foge para o mundo dos humanos."


Excerto criado por mim, legendado em inglês. Inclui a cena icónica do automóvel Fiat 500 e a bruxinha gótica Saxana a voar de vassoura:




Prémios:

- 1º Prémio "Medalla Sitges en Plata de Ley", na categoria de efeitos especiais, no Festival Internacional de Cinema na Catalunha em Espanha (1973).

- Prémio do público do Festival de Cinema Jovem de Trutnov (Checslováquia, 1972).


Opinião:

Uma bruxinha adolescente da Europa de Leste... O que irá sair daqui?      I love you

*Faz falta no Xploited Fórum um smiley de uma bruxa... Crying or Very sad



Não sou lá grande apreciador do género comédia, mas adorei o sentido de humor deste filme. É extremamente difícil um filme fazer-me rir, mas este conseguiu literalmente vezes sem conta.

O conceito de humor é imprevisível e varia de pessoa para pessoa, mas eu adorei a abordagem deste filme.





Nota-se o grande esforço, cuidado, planeamento, atenção, amor pelo cinema, etc. investido neste filme. O realizador checo Václav Vorlíček é considerado por muitos um génio e um mestre do cinema, e desde que o descobri recentemente, juntei-me a esses "muitos" que o consideram como tal. Não posso ver os filmes todos dele, porque muitos nunca foram sequer legendados para inglês, mas do que vi adorei. Um exemplo é obra-prima Três Nozes para Cinderella, o supra-sumo do cinema de contos de fadas a nível mundial (talvez venha a falar desse filme no meu cantinho do off-topic).



Esta "Rapariga numa Vassoura" não será nenhuma obra-prima, é apenas um simples filme de comédia, que não se leva a sério a ele próprio, mas muito eficaz e intemporal, feito com gosto e talento.

O 1º prémio de efeitos especiais, ganho em Espanha, não se refere à cena ultrapassada, da bruxa a voar de vassoura contra um ecrã azul, mas sim a alguns truques artísticos do tipo artes do ilusionismo, como a cena em que a Saxana estica o braço para apanhar uma cábula na sala de aulas da imagem acima, ou o efeito óptico da imagem seguinte.



Mas muitos dos efeitos especiais são fracos e rudimentares e estão lá apenas para ilustrar a história. O mais importante é a qualidade dos actores, que dão uma performance muito impressionante e credível, em particular a Petra Černocká, que faz uma bruxa docemente estranha e esquisita.



A minha classificação: 8/10 (pela originalidade, atitude e competência dos actores e equipa técnica)


    Data/hora atual: Sex Dez 15 2017, 21:32