Forum de cinema fantástico.


The Man to Kill / Čovjek koga treba (1979) - Veljko Bulajić

Compartilhe
avatar
Zé da Adega
Ultimate Zombie
Ultimate Zombie

Número de Mensagens : 568
Pontos : 1903
Data de inscrição : 26/12/2014

The Man to Kill / Čovjek koga treba (1979) - Veljko Bulajić

Mensagem por Zé da Adega em Dom Jan 18 2015, 15:29

The Man to Kill / Čovjek koga treba ubiti : Legenda o caru Šćepanu Malom



- Nota: Esta ficha técnica é complexa, e deu muito trabalho, devido a acontecimentos históricos na ex-Jugoslávia -

País de origem: Jugoslávia (país de então)
Sub-região: Co-produção entre as regiões de Montenegro (país actual) e Croácia (país actual)
Título original em croata: Čovjek koga treba ubiti : Legenda o caru Šćepanu Malom
Título original em sérvio: Човјек кога треба убити
Título inglês internacional: The Man to Kill
Título inglês norte-americano, utilizado para submissão oficial da Jugoslávia, aos óscares da academia de Hollywood, em 1979: The Man to Destroy
Data de lançamento: 29 de Março de 1979 (Jugoslávia)
Realizador: Veljko Bulajić
Género(s): Fantasia, Biográfico, Histórico, Drama
Duração: 106 min
IMDB: http://www.imdb.com/title/tt0169716/
Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/The_Man_to_Destroy


Sinopse:

Este filme insólito e original, recorre a elementos de fantasia (inferno cristão), para re-encenar o reinado histórico do Czar Estevão, o Pequeno, que reinou Montenegro entre 1767-1773. Estevão foi um falso Czar, um impostor de origem desconhecida, que usurpou a figura do defunto Czar Pedro III da Rússia, mas que uniu o povo de Montenegro, desprotegido com a morte do Czar da Rússia e a ascenção da Czarina russa Catarina II, contra a ameaça militar do Império Otomano.

Neste filme é feita uma abordagem do género fantástico, com encenação completa do Inferno e sua hierarquia, para especular acerca das origens historicamente misteriosas do Czar impostor, no qual toda a Europa é um tabuleiro de um jogo de estratégia política e militar, entre as forças da Igreja Ortodoxa e o Inferno.


Trailer amador:




Excerto, com encenação do Inferno Cristão:




Prémios:

Pula Film Festival of Yugoslavian Films

1979 - Won Silver Arena - Best Production Design (Veljko Despotovic)

Sitges - Catalonian International Film Festival

1980 - Won Clavel Medalla Sitges en Plata de Ley Dorada - Best Director (Veljko Bulajic )

Entrada oficial da Jugoslávia nos óscares da academia de Hollywood, e rejeitada.

Curiosidades:

Artigo acerca do reinado do Czar impostor Estevão I:

http://en.wikipedia.org/wiki/%C5%A0%C4%87epan_Mali

Resumo em inglês, retirado do artigo acerca dos príncipes-bispos de Montenegro:

"Reign of impostor Stephen the Little
Further information: Šćepan Mali

During Christmas fasting in 1766, after the rumors spread by captain M. Tanović, in Montenegro appeared, supposedly, the Russian tzar Peter III, who was believed to had been murdered by the lovers of Catherine II in 1762. Having affection for Russia, Montenegrins accepted the newcomer as their new tzar (1768) under the name of Stephen the Little (Šćepan Mali). Vladika Sava conveyed to people Russian message that Šćepan is an ordinary crook, but the people believed the tzar rather than Sava. Following this event Šćepan the Little put Sava under house arrest in Stanjevići monastery.

Šćepan the Little was very cruel but respected and feared man during his reign. After realizing how much respect he commands, and that only him can keep Montenegrins together, Russian diplomat Dolgoruki abandoned his efforts to discredit Scepan giving him even financial support (Jagos Jovanovic, Stvaranje Crnogorske drzave i razvoj Crnogorske nacionalnosti, 1947, Obod-Cetinje). In 1771 Šćepan founded the permanent court composed of most respected clan leaders, and stubbornly insisted on respect of the courts decision.

The importance of Šćepan personality in uniting Montenegrins was realized soon after his assassination conducted by order of vizier of Skadar, Mahmut-Pasha Bushatlija. Montenegrin tribes once again engaged into blood feuding among themselves. Mahmut-Pasha Bushatlija tried to seize the opportunity and attacked Kuči with 30 000 troops. For the first time since Vladika Danilo, Kuči were helped by Piperi and Bjelopavlići, and defeated Turks twice in two years.[14]"

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Prince-Bishopric_of_Montenegro

Opinião e crítica:

A elaborar mais tarde, em mensagem separada...
avatar
Zé da Adega
Ultimate Zombie
Ultimate Zombie

Número de Mensagens : 568
Pontos : 1903
Data de inscrição : 26/12/2014

Re: The Man to Kill / Čovjek koga treba (1979) - Veljko Bulajić

Mensagem por Zé da Adega em Dom Jan 18 2015, 16:36

Sátira à instituição da Igreja Cristã Ortodoxa



Este é mais um belíssimo filme da Europa de Leste. É uma obra de grande qualidade e originalidade. Isto sim é Cinema!

Este filme mistura fantasia com biografia histórica, acerca de um assunto verídico, que mais parece um conto de fadas da Idade Média. Refiro-me ao reinado do Czar impostor de Montenegro, cuja simples leitura do breve texto no wikipedia inglês, dá um prazer delicioso e vontade de ir traduzir textos do Croata e Sérvio, com o Google Chrome.

A propósito, foi feito um filme sério (sem elementos de fantasia) sobre este Czar, em 1955. Julgo que não existirão legendas, mas deixo a referência do wikipedia em croata acerca do filme:

http://hr.wikipedia.org/wiki/La%C5%BEni_car_(1955.)



Antes que me esqueça, este não é um filme intelectual, isto é a tal corrente do realismo cinematográfico. Aqui talvez seja pertinente referir o sub-género do fantástico utilizado na literatura (mas não no cinema) "Magical Realism", temos elementos do fantástico, mas a partir dessa premissa sobrenatural, temos uma execução lógica, credível, simples e directa, sem devaneios "intelectuais".

Apresento-vos Satanás:



A imagem seguinte é a minha preferida de todo o filme. Um padre mau, fardado com a bata da igreja ortodoxa, que foi para o inferno, a ser chicoteado, a proteger a cabeça com as mãos. A diabinha diz que o chicote é o novo deus do padre:



Outra imagem que adorei, foi o Diabo em cima no mapa da Europa, a planear estratégias para combater a igreja. Dá para identificar Portugal, e ver que ele espetou uma estaca no norte da península ibérica, a planear uma intervenção:



A maioria do filme não é passada no inferno, mas sim na reconstituição histórica de Montenegro:



Esta reconstituição histórica inclui também a corte da Rússia:



...e o Império Otomano:



Preparei um caderno de screenshots, legendados em inglês, de uma discussão brutal entre professor e alunos no Inferno. É uma sala de aula com diabinhos.

Este conjunto de imagens em formato de banda desenhada, embora não ofenda a fé de ninguém, critica duramente a instituição e corrupção da igreja, pelo que poderá ofender os leitores mais sensíveis a estes assuntos. Irei colocar em spoiler, pela quantidade de imagens:

Spoiler:

















Actualização em Janeiro de 2015 para o Xploited Fórum

Este texto foi escrito por mim, originalmente em Julho de 2013 no fórum generalista DVD Mania, removi agora uma secção que falava de como tomei conhecimento do filme e o motivo da sua obscuridade, por razões que explicarei mais tarde noutra mensagem, mas gostaria de ao menos escrever agora o apanhado geral que nunca cheguei a fazer:

A maneira como eu vejo e resumo este filme é a de que isto é cinema de autor do género fantástico. Não tem a qualidade cinematográfica do John Carpenter e Stanley Kubrick, mas esses dois (por melhores que fossem dentro do cinema ocidental) estavam limitados pela mediocridade comercial e fórmulas rígidas de fazer cinema. Neste filme jugoslavo temos um enorme esforço, feito em boa fé, para criar um trabalho muito original e interessante que marca a história do cinema, com grande criatividade e inteligência.

Revendo agora o texto que escrevi em 2013, constato que não fui capaz de escrever uma crítica, por assim dizer, mas em contrapartida tentei mostrar o background histórico verídico de Montenegro e do falso Czar da Rússia, necessário para entender o filme.  Wink

A minha classificação: 8/10

avatar
pmcordeiro
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 13184
Pontos : 16665
Data de inscrição : 26/01/2009
Idade : 43
Localização : 112 Ocean Avenue

Re: The Man to Kill / Čovjek koga treba (1979) - Veljko Bulajić

Mensagem por pmcordeiro em Seg Jan 19 2015, 14:32

Muito interessante este filme...

Parabéns pela crítica, gostei! thumbsup


_________________
*Efeitos Secundários: Coleccionar dvd's pode causar sérios danos á sua carteira.

Conteúdo patrocinado

Re: The Man to Kill / Čovjek koga treba (1979) - Veljko Bulajić

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qua Set 20 2017, 13:44